Todos nós temos necessidade de Cura Interior… Passos para a Cura Interior


Neste meu tempo de caminho em Deus estou convencido de que um dos fatores mais importantes que precisamos viver em nossa vida é o processo de Cura Interior.

Passos para a Cura Interior

Quando trilhamos este caminho de uma profunda Cura Interior vamos descobrindo as fontes dos males mais significativos que nos afligem, e ai precisamos então buscar os meios necessários para que estes males possam ser definitivamente sanados em nossas vidas.

Ainda tenho aprendido com o legado que nos deixou nosso querido Padre Rufus Pereira que por diversas vezes nos ensinou que uma cura espiritual não acontece sem que antes a pessoa passe por uma profunda Cura Interior; pois caso contrario a pessoa poderá continuar em seus hábitos compulsivos de pecados.

Um exemplo muito claro é no caso de um viciado em drogas, será muito difícil ele alcançar a sua cura definitiva a menos que ele seja curado interiormente das causas que o levaram ao vicio das drogas.

Padre Rufus também nos dizia que: “A Cura Interior é uma espécie de chave para a cura total da pessoa. Da mesma forma sem a Cura Interior, não é possível ser curado de doenças físicas, tampouco experimentar a libertação.”

Por isso achei importante destacar alguns passos que poderemos de forma concreta iniciarmos nosso processo de Cura Interior.

Uma coisa muito importante quando entramos neste processo de Cura Interior é que nada pode ser desvalorizado ou deixado passar, tudo deve ser levado muito a sério, pois é a partir destes fatos que conseguiremos uma vida em plena liberdade!

Três passos podem ser enumerados para iniciarmos o nosso caminho para a Cura Interior:

O Primeiro Passo é reconhecer que há uma necessidade de Cura Interior, e descobrir em qual área da sua vida que esta cura precisa atuar. É o momento do diagnostico. É necessário que a pessoa se observe, observe a sua vida, procure também outras pessoas para ajuda – lá e conte com a principal ajuda para este diagnostico que é a inspiração do Espirito Santo.

E você pode se perguntar: Como descobrir o problema que de fato eu tenho?

A resposta, encontramos na própria medicina, naquilo que vemos nos consultórios médicos.

A nossa primeira atitude é pararmos e examinarmos todos os sintomas que trazemos que possam estar ligados aquilo que entendemos que seja o nosso problema. É importante que os sintomas físicos e emocionais sejam também examinados. É necessário averiguar sintomas como: cansaço, tristeza, inveja, ciúmes, raiva, desânimo, angustias, e assim por diante, pois estes sintomas facilitam a identificação do problema.

É necessário um cuidado com o diagnostico para o conhecimento do todos os sintomas.

O segundo passo é remover os bloqueios para a Cura Interior. Para se chegar a Cura é necessário um diagnostico correto dos sintomas emocionais relacionados no primeiro passo.

Padre Rufus nos ajuda dizendo que, a experiência indica que existem quatro principais sintomas emocionais na qual precisamos ir a fundo e entendermos pela qual destes sintomas emocionais estão surgindo os sintomas físicos ou mesmo emocionais do diagnostico do primeiro passo.

São eles:

– Sentimento de Rejeição: Geralmente ele acontece em nossos relacionamentos com outras pessoas, sendo mais acentuado quando estas pessoas nos são muito próximos ou temos algum tipo de laço de sangue com ela.
A rejeição acontece quando sentimos que não somos amados ou respeitados por quem nos é importante e por quem amamos. Isso não significa que de fato estas pessoas não nos amem ou nos faltem com respeito, mas nós nos sentimos assim, não sentimos esse amor.

Queríamos que estas pessoas que nos são tão queridas nos olhassem de outra forma, tivessem outras atitudes conosco; queríamos de fato sentir um pouco de amor por parte destas pessoas.

Não devemos culpar ninguém por isso, isso é muito importante dentro do nosso processo de cura.

(Orando pelo Sentimento de Rejeição)

– Sentimento de Inferioridade: Este sentimento diz do relacionamento com nós mesmos. Geralmente quando vivemos o processo de comparações. Comparações com os irmãos, com colegas de escola ou até mesmo com outras pessoas. “Você não é tão inteligente como seu irmão”, “Você é muito lento, vou pedir para outra pessoa fazer isso…”ou ainda palavras do tipo: ” Você é burro….Você é incapaz de fazer isso…”

Com isso começamos a nos ver de maneira inferior as pessoas, a termos uma autopiedade e pode – se chegar ao sentimento de ódio contra mim mesmo, e ainda em seu extremo a autodestruição.

( Orando pelo Sentimento de Inferioridade )

– Sentimento de Culpa: Este sentimento geralmente nasce quando cometemos muitos erros e sentimos que por causa destes erros nem Deus nos perdoará, e deixará de nos amar. O sentimento de culpa é algo terrível! É algo que se não cuidarmos ele pode levar a graves consequências, Conheci pessoas que tiveram o desejo de se matar por se sentirem culpadas por algo e não se perdoarem. O Sentimento de culpa pode facilmente levar uma pessoa a depressão profunda.

A Bíblia nos ensina que: “Se vossos pecados forem vermelhos como escarlate, ficarão brancos como a neve” (Is 1,18)

Em Jeremias é dito: “Já terei perdoado suas culpas, de seu pecado nunca mais me lembrarei.” (Jr 31, 34)

E ainda São Paulo nos diz: “Em Cristo Jesus não há mais condenação.” ( Rm 8, 1-2)

– Sentimento de Medo: Não diz respeito a medos comuns que provêm de situações adversas que nos acontece. Mas diz de medos sem uma certa lógica, sem razão, como por exemplo, o medo do escuro, medo de doenças como câncer, a Aids, medo de estar no meio de uma multidão, medo da solidão, medo até mesmo de respirar por causa das bactérias no ar.

E como este medo chega em nosso vida? Geralmente por aquilo que escutamos de outras pessoas, e então começamos a ter estes medos. Escutamos certas coisas, determinados assuntos, e isso entra em nossa mente com uma força que nem conseguimos controlar.

Por isso a bíblia repete mais de 360 vezes: “Não tenhais medo. Nada temais.”

( Orando pelo Sentimento do Medo )

Estas são as quatro principais áreas que precisam de Cura Interior. Por isso é necessária a oração e a luz do Espirito Santo para que iluminando as áreas escuras de nossa vida possamos identificar a causa dos problemas que hoje trazemos.

E chegamos exatamente no terceiro passo que é a oração: Identificados os sintomas e discernidos de onde estão surgindo, é o momento de rezarmos e pedirmos a Deus pela nossa cura, pela cura da nossa historia. É necessário permitirmos que Deus por meio do Espirito atue livremente em nós para nos curar.

Resumindo: Precisamos diagnosticar as realidades na qual nos cercam, sentimentos e emoções, nosso fisico, sensações….Precisamos com muito cuidado fazermos uma averiguação se estes sintomas estão ligados ao Sentimento de Rejeição, ao Sentimento de Medo, Sentimento de Inferioridade ou ao Sentimento de Culpa.

Identificados de onde provém estes sintomas é o momento de rezar! Rezar à luz do Espírito Santo para que Ele visite estas áreas de nossas vidas e nos Cure e Liberte.
É importante dizer que não é algo simples, e que é feito somente uma vez. Este processo é por vezes um processo árduo que exige de nós esforço e dedicação.

Já temos um bom material para iniciarmos a nossa caminhada rumo a nossa Cura Interior. Não vamos esquecer que isso exige muito esforço e querer da nossa parte. Deus nada fará se não fizermos o mínimo que cabe a cada um de nós!

Espero que você possa partilhar os resultados desta sua busca!

Rezem também por mim e por tudo aquilo que o Senhor quer para mim ok!?

Deus o abençoe!

http://blog.cancaonova.com/livresdetodomal/passos-para-a-cura-interior/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s